Rota

Quando se entra no mar, ninguém sabe o que pode acontecer. Se o vento vai soprar para o lado certo, se o estômago vai aguentar  ou até se iremos voltar. A única certeza é o que nos motiva a continuar navegando. Nem todo mundo encontra o real porquê. Alguns passam muito tempo só tentando descobri-lo. Outros fingem que ele não existe e inventam desculpas para continuar na inércia. Mas tem aqueles que não se contentam, precisam navegar. Só por navegar. Quando você entra no ritmo, não tem como voltar atrás. É vento em popa, siga em frente, quem sabe o que você irá encontrar?

Aqui você encontrou um apaixonado pelas palavras. Sou um criativo, um publicitário, um redator e um jornalista. Brasília é meu mar, o mundo é meu porto. Não sei aonde quero ir, mas tenho certeza que eu chego lá.

Advertisements
    • Camila
    • July 26th, 2011

    Muito bom seu blog. Enquanto lia os posts me veio à mente o personagem Joel – Brilho eterno de uma mente sem lembrança – que vivia com o caderno fazendo anotações. Gostei do que sua mente imprimi em palavras.

  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: