Archive for January 23rd, 2011

You’ve got the love

Vamos fugir? Pra onde? Vamos fugir. Não precisa de porto, não pensa na chegada. Mas como não pensar na chegada? Vamos para onde? Por que se focar no onde quando o quem é tão mais importante? Vamos fugir. Nós dois. Juntos. Se eu aceitar, como faríamos? De novo, meu bem, pense no quem. Vamos fugir. Jogar as mãos para o ar. Quando o vento chega no rosto, a pele arrepia. Eu quero isso. Eu quero você. Eu também quero você. Vamos fugir. Deixar tudo para trás. Mais cedo ou mais tarde isso ia acontecer. Tudo bem. Vamos. Eu te espero do outro lado. Como da primeira vez? Como da primeira vez. Posso confiar em você? Meu bem, você já confiou. Eu te amo. Eu sei.